quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

"ONDE SOBEJA A ÁGUA, FALTA O GOSTO"

"ONDE SOBEJA A ÁGUA, FALTA O GOSTO" (dito popular português)

SOBEJO ou SUBEJO (SO(u)BEJA, SO(U)BEJAR) talvez seja um arcaísmo. A última vez que ouvi alguém pronunciá-la foi em 1980, num evento social em Feira de Santana (Bahia). Um senhor (já falecido) disse para uma mulher que, sem prestar atenção, pegou uma taça para que ele colocasse champanhe. Gentilmente ele disse: 'essa taça não; ela está com sobejo"

SOBEJO ou SUBEJO significa sobra e provavelmente vem do latim SUPER (SOBRE em português). Quando o que sobeja (água, refrigerante ou bebida alcoólica ...) está presente num copo, isto significa não necessariamente que alguém tenha "beijado" o copo. Embora saibamos que ninguém leva um copo à boca sem beijá-lo e, a depender do caso, sem deixar a marca do batom - o que dá muito samba e poesia..

Podemos interpretar o ditado português de vários modos. Vejamos apenas dois:

1 - O mais literal. Não deve ser muito gostoso beber o resto, a sobra que alguém deixou no copo. Falta de higiene, de educação e de bom gosto. Salvo se, no caso de um ritual de consumo da erva de um chimarrão, por exemplo. Quando o bocal e a bomba passa de boca em boca ... todos bebem o que sobra da saliva do vizinho. Ainda mais quando é cumprida a tradição de fazer a "cuia roncar"

2 - Quanto mais uma roupa ou uma música tem uso massivo dificilmente poderemos encontrar qualidade, bom gosto, fino gosto. nas pessoas, na roupa e na música.. Quantidade não é necessariamente qualidade

Um comentário:

  1. Neste caso, sobejar vem sim de sobra, mas sim por estar a água a sobrar, tao abundante que sobra, logo, perde-se o gosto.

    ResponderExcluir